ESTADO DE EXCEÇÃO

Curador do mês: Pedro Estevam Serrano

Estado de Exceção é um tema atemporal, as ditaduras estão se aperfeiçoando com o tempo e as medidas autoritárias se tornaram cirúrgicas, complexas, eficientes e difíceis de serem identificadas. Se faz cada vez mais necessário o estudo do Estado de Exceção, especialmente diante das crises de representatividade, humanística e constitucionais que o mundo tem vivenciado na atualidade.

 Esse é um conteúdo elaborado sobretudo para as mentes inquietas, a assimilação de novos conhecimentos pode gerar desconfortos e crises.

Porque
escolhemos
este Assunto

Assista a apresentação
do curador
 

VAMOS COMEÇAR

O ano começou quente aqui na Pandora com a ativista, escritora e filósofa Djamila Ribeiro, apresentando conteúdo completo sobre Lugar de Fala; agora, a fim de mantermos as temperaturas elevadas, chegou a hora de realizarmos uma imersão em um tema de extrema importância e complexidade, o Estado de Exceção. Para nos guiar nesse aprendizado convidamos para ser nosso curador ninguém mais, ninguém menos, que Pedro Estevam Serrano, advogado, Professor de Direito Constitucional na PUC-SP e mestre e doutor em Direito do Estado.

Serrano dividiu suas aulas com o objetivo de deixar esse curso o mais completo possível, abordando momentos históricos como a Revolução Gloriosa e Revolução Industrial e autores essenciais, como Thomas Hobbes e John Locke. Mas não satisfeito, Serrano avança na História para nos explicar a criação da concepção moderna de Estado Democrático de Direito e o que configura hoje um Estado de Exceção; suas principais características, suas relações políticas internas e seus pressupostos econômicos. Por fim, aborda ainda a atual crise do constitucionalismo brasileiro e as principais medidas de exceção postas em prática hoje em dia, tanto no Brasil como na América Latina.

Durante a apresentação do conteúdo, diversos questionamentos são levantados, sobretudo quando refletimos acerca da Palestina e das favelas brasileiras ocupadas por forças militares e UPPs; territórios completamente fragmentados onde táticas de sítio são postas em prática, não raramente desencadeando uma verdadeira "guerra infraestrutural". Mas os questionamentos não param por aí. Você também vai ser pego refletindo a seguinte questão: quem toma as decisões cruciais em uma democracia, somos nós, o povo? Ou são forças do capital financeiro? Isso ficou claro, por exemplo, na crise de 2015, quando o mundo inteiro assistiu ao povo grego exigindo a participação nos rumos do país, enquanto todas as decisões eram tomadas em Bruxelas, por agentes econômicos como a Comissão Europeia, o Banco Central Europeu e o FMI, um episódio sem sombra de dúvidas marcante, que revelou mais uma vez não só aos gregos, mas ao mundo todo, quem está no poder e quem são os soberanos.

5 estrelas

Conteúdo Mais Justificando

Faça parte do plano de assinatura do Justificando e tenha acesso ilimitado à plataforma Pandora

+MAIS JUSTIFICANDO
Acesso irrestrito às notícias artigos e programas do Justificando;
Revista Digital;
Acesso à todos os conteúdos da Pandora + Mais Justificando;
Conteúdos em vídeo com até 3 horas de duração por mês;
Workshop online com o curador do mês.
CADASTRO GRATUITO
Acesso irrestrito às notícias artigos e programas do Justificando;
Revista Digital;
Acesso à todos os conteúdos da Pandora + Mais Justificando;
Conteúdos em vídeo com até 3 horas de duração por mês;
Workshop online com o curador do mês.

+MAIS do que
uma assinatura,

Essa é a principal forma de manter o Justificando como mídia livre, ativista e independente.

Com esse pequeno valor mensal, além de todo conteúdo da plataforma Pandora, você está incentivando a produção de mais conteúdos em vídeo, como o programa "Coisas Que Você Precisa Saber" e produções jornalísticas progressistas que estão pautando a discussão na grande mídia.

Saiba mais
Djamila Ribeiro

“O Justificando é sem dúvidas um dos espaços mais plurais e necessários para o pensamento crítico no Brasil. Apoiar se tornou um ato de resistência!”

Por que fazer parte dessa história

fique por dentro

AVANÇAR NAS CONQUISTAS

O Justificando já se consolidou como uma mídia forte, progressista e ativa, entretanto há muito espaço a ser conquistado.

aprenda/especialize-se

CONTEÚDO DE QUALIDADE

Essa é uma oportunidade de incentivar um conteúdo de qualidade e com temáticas que são importantes para pensar o tempo presente.

conteúdo premium

PRODUÇÕES INOVADORAS

Nós acreditamos que a comunicação e a educação são armas fundamentais para o desenvolvimento humano.

compartilhe

PENSAMENTO CRÍTICO

Este é o primeiro passo para construção de um espaço de pensamento crítico que dialoga com o ativismo e a academia.

Assine todos os conteúdos +MaisJustificando por apenas R$ 19,90/mês

Faça parte